Francisco de Assis, criado no riacho Grande, desde pequeno gostava de bichos. Muitas eram as brigas entre ele e seus pais, pois Francisco não podia ver um peludo na rua com sarna e o levava para casa. Com o passar dos anos constituiu família e foi morar em uma chácara onde chegou a ter em seu lar mais de 50 peludos, todos encontrados na rua e tratados por ele. Uns morreram de velhice, outros foram adotados por seus amigos e outros com ele estão. Com a chegada do Rodoanel Francisco viu-se sem lar, o Rodoanel para alegrias de muitos trouxe tristeza para ele, pois passou bem em cima de sua chácara. Com o acontecido mudou-se para uma casa alugada no Jardim Ipê em São Bernardo, e continuou seu trabalho de resgatar e cuidar de peludos sem distinção.  E hoje o Lar do Francisco de Assis precisa de vocês para continuar a ajudando os peludos.